Motivação | Bonhotel

4 dicas de como como gerenciar sua clínica odontológica

35

Abrir uma clínica odontológica requer bem mais do que apenas os conhecimentos acerca da área de atuação, também exige noções de gestão de clínicas ou consultórios e de administração financeira, de vendas e logística.

Isso porque, ao abrir um negócio próprio, o dentista terá a necessidade de desenvolver uma série de atividades de gerência que permitam a recuperação das verbas investidas, a otimização dos processos, a redução de riscos e o crescimento dos resultados.

No entanto, como durante o curso de odontologia muitos estudantes não complementam esse conhecimento com os princípios de gestão de negócios ou recursos humanos, é comum que estes encontrem alguma dificuldade com a condução de uma empresa própria.

Mas isso não deve ser um obstáculo para o sucesso da clínica ou para a condução do atendimento aos pacientes. Para isso, é possível a realização de cursos que expliquem com todas as formas de planejar, organizar e gerenciar seu consultório odontológico.

Desenvolva um plano de negócio para a sua clínica odontológica

Liderar e gerir uma empresa, independente do setor de atuação, resultará no surgimento de uma infinidade de problemas e desafios que afetarão tanto a administração do negócio, como a realização dos atendimentos. 

Por isso, a formulação de um plano de negócio é tão importante.

Esse planejamento, que pode ser tático, operacional ou estratégico, deve partir de uma análise bem feita do mercado de atuação, considerando aspectos como:

  • Concorrência;
  • Região onde a clínica será aberta;
  • Demanda pelo serviço;
  • Acesso aos fornecedores;
  • Disponibilidade de assistência técnica para os equipamentos.

Em seguida é essencial definir os valores da empresa e o que irá diferenciar o seu atendimento de todos os outros do setor, bem como iniciar o estabelecimento de metas e objetivos que irão guiar as mais diversas áreas do consultório.

A delimitação quanto aos parceiros da empresa também é crucial para o sucesso e a harmonia da clínica médica. 

Essa etapa envolve a ponderação quanto aos funcionários, tipos de plano odontologico empresarial que serão aceitos, fornecedores, colegas de profissão, entre outros.

Depois deve-se iniciar a estruturação do plano financeiro e a análise quanto a verba disponível para a compra dos materiais, contratação de funcionários, custo de manutenção do consultório e o investimento necessário no marketing e publicidade.

Por fim, após todas essas análises e ponderações, é fundamental determinar o passo a passo para tirar esse projeto do papel, por meio de um plano de ação.

Como gerenciar clínicas ou consultórios de forma fácil e eficiente

Depois de todo o planejamento e a formação de um plano de ação efetivo e realista, é preciso compreender como realizar um bom gerenciamento diário do consultório. 

Isso será fundamental para certificar o aumento da produtividade, uma rentabilidade mais aprimorada e o sucesso geral do negócio.

As ações que mais prometem eficiência, organização e economia de recursos e tempo, são:

  1. Priorizar o atendimento humanizado

Especialmente se tratando da saúde das pessoas, o relacionamento entre dentista e paciente é fundamental para garantir o melhor diagnóstico, tratamento e para a satisfação geral dos clientes.

Para isso, foque em um atendimento humanizado, seja empático e cuidadoso, incentive o feedback positivo e negativo, esteja sempre preparado para demonstrar preparo e expertise e disponibilize serviços por meio do plano dental empresarial.

  1. Modernizar as formas de marcar consultas

Invista em ferramentas digitais que permitam a marcação e cancelamento de consultas de forma online. 

Além de facilitar o contato para pessoas que possuem uma rotina bem agitada e consequentemente não tem tempo de ligar para realizar esse tipo de serviço, a organização da agenda fica mais fácil e efetiva.

Esses aplicativos ajudam a evitar os erros humanos e ainda permitem o envio de mensagens de confirmação de comparecimento e reagendamento, proporcionando economia e efetividade ao atendimento.

  1. Otimizar os processos internos

O armazenamento de dados e informações pessoais – como o tipo de plano odontologico para mei –, bem como a organização desse tipo de material e a facilidade de acesso, pode ser determinante para a ocorrência de atrasos e a demora dos atendimentos.

Assim, o investimento em agendas eletrônicas, softwares de gerenciamento de consultórios e prontuários digitais pode ser uma ótima forma de garantir a otimização dos serviços da recepção e de todas as equipes do consultório.

Esses aplicativos abrangem desde o controle do estoque e das datas de vencimento de insumos e medicamentos, até os dados relativos ao plano odontologico para microempreendedor individual ou qualquer outro tipo de assistência médica.

  1. Investir em marketing digital

O marketing digital se tornou fundamental para o sucesso e para a captação de novos pacientes nas clínicas odontológicas de todo o país. 

Esse tipo de ação publicitária, além de ser muito mais barata do que os métodos tradicionais, ajuda a construir uma imagem para a empresa e atrair novos clientes.

Por meio de um site próprio e a publicação de conteúdos informativos de qualidade – por exemplo: como funciona o plano odontologico da empresa –, é possível fazer com que as pessoas procurem a sua empresa e não o contrário.

Também é muito recomendado o investimento em anúncios promocionais em plataformas de busca e em sites populares, como o Google Ads ou o Facebook Ads. Conteúdo desenvolvido pela equipe do Conviva Melhor, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

Usamos cookies para garantir que oferecemos a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que está satisfeito com ele. Aceito Consulte mais informação