Motivação | Bonhotel

Implante dentário: Como funciona e quando é necessário

130

Os implantes dentários são necessários para pessoas que não possuem dentes, assim como aquelas que perderam uma ou mais dentições devido a doenças bucais ou traumas dentários. 

Muitas pessoas que perdem seus dentes acabam tendo a autoestima comprometida, consequentemente buscando formas de melhorar a mesma, buscando profissionais para reverter a situação. 

É importante pesquisar muito bem antes de se submeter a qualquer procedimento estético, com o implante dentário não é diferente, entendendo juntamente com o profissional quais os prós e contras do procedimento e fazendo exames específicos para saber a saúde do paciente.

Tendo um plano odontológico para mei, é possível fazer os procedimentos de forma segura e com o preço acessível, com grande qualidade de profissionais da odontologia. 

Para entender como funciona e quando é necessário o implante dentário, continue a leitura e obtenha mais informações acerca disso.

O que são implantes dentários e como funciona? 

O implante dentário consiste em um pino que geralmente é feito de titânio, utilizado para substituir a raiz perdida do dente. 

Após a integração óssea, o implante é fixado ao osso com o cirurgião dentista, sendo colocada a prótese definitiva e dando um novo sorriso ao paciente. 

O titânio é utilizado para fixar o implante, pois é um dos compostos mais fortes para que o osso grude no pino permanentemente, sendo um material biocompatível que elimina qualquer risco de rejeição do organismo. 

É importante salientar que o material utilizado no implante não é corrosivo, por isso é uma das formas de substituir a raiz do dente mais segura e duradoura para o indivíduo.

Com um plano dental para mei é possível ter preços acessíveis do procedimento com os melhores profissionais e materiais de qualidade. 

Quando realmente há a necessidade de fazer um implante dentário?

O implante dentário é recomendado pelos profissionais da odontologia quando há casos de perda dentária que pode afetar um ou mais dentes, e na maioria das vezes todos. 

Para o implante dentário existem inúmeras possibilidades que justificam a indicação desse tratamento, um dos fatores principais para o uso do  implante dentário são: 

  • Doenças periodontais;
  • Bruxismo;
  • Traumas (acidentes);
  • Complicações da cárie.

Além desses problemas que podem ocasionar a perda dos dentes, há também a ocorrência de doenças como o câncer, que faz com que os dentes sejam perdidos, sendo necessário o implante ou, em alguns casos, de próteses dentárias, tudo irá depender da opinião do profissional. 

Obtendo um convênio odontológico para mei é possível fazer implantes e tratamentos dentários de qualidade com o melhor preço para o seu bolso. 

Quem pode e quem não pode fazer o uso desse tratamento?

Antes de realizar o procedimento é preciso entender quem deve e quem não deve fazer o uso desse tratamento. 

Algumas pessoas têm certas restrições para fazer o implante dentário.

Entre essas limitações estão as pessoas e situações que é importante salientar que não deve usar implante, pessoas que possuem: 

  • Inflamação gengival;
  • Crianças e adolescentes em formação óssea;
  • Fumantes;
  • Doenças preexistentes.

Deve-se ser avaliado com o dentista se as pessoas possuem doenças bucais como a gengivite e periodontite, caso seja constatado, deve-se esperar um tratamento específico para ver se será possível fazer o implante dentário. 

Crianças e adolescentes que estão em formação também não devem fazer o implante, pois ele não irá se fixar devido a estrutura óssea em movimento. 

O cigarro é prejudicial à saúde em geral, deixam os dentes mais sensíveis e com inflamações gengivais, sendo necessário evitar fazer procedimentos estéticos. 

Pessoas que possuem câncer ou doenças preexistentes, como diabetes, também não devem realizar o implante dentário sem o aval de outros profissionais da saúde, como o cardiologista e endocrinologista. 

Saiba os benefícios plano odontológico empresas para realizar o tratamento com os melhores profissionais. 

Já nos casos que se devem fazer o implante dentário estão as pessoas que:

  • Pessoas que realizaram extração de dentes;
  • Pessoas que nasceram sem os dentes;
  • Perda de dentes por doenças bucais ou traumas. 

Em casos de cáries avançadas muitas pessoas chegam a extrair o dente caso não tenha mais o que fazer, isso em um estado crítico do problema, sendo necessário a realização de implantes. 

Há pessoas que nasceram sem os dentes, fazendo uso de dentadura. Para uma saúde bucal adequada é indicado fazer implante, assim como indivíduos que perderam dentes devido a doenças bucais ou traumas. 

Com um convênio odontológico empresarial é possível realizar um implante de qualidade e com preço acessível.

Quais são as fases do implante dentário?

As etapas para realizar o procedimento do implante dentário começam a partir do diagnóstico, entendendo o histórico de saúde e se há restrições para o tratamento. 

Após isso, é preciso uma intervenção cirúrgica para ver como estão os ossos do paciente e se ele irá se adaptar com o implante, só assim poderá avançar para a elaboração da prótese.

Depois é só tomar os devidos cuidados com alimentação e cuidados com o implante para mantê- los saudáveis por muito tempo.
Conteúdo desenvolvido pela equipe do Conviva Melhor, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares

Usamos cookies para garantir que oferecemos a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que está satisfeito com ele. Aceito Consulte mais informação